sábado, setembro 04, 2004

Mais um dia se vai!!

Mais um dia se vai.
Mais uma noite se aproxima.
Gritos e gemidos se perdem nos minutos e secondos que o tempo levou
choros e lamentos, sao misturados e confundidos
na praça dos desejos estranhos.
Esse dia que passa leva consigo
a dor das maes russas que perderam seus filhos
como vitimas de um terrorismo que nao poupa nem mesmo recem-nascidos.
So me resta uma oraçao
um pedido
um desejo
que a dor que feriu estas maes
nao venha a provocar
outra dor em massa
multiplicando as dores
que sem travao criam outras dores.




Angola, minha terra meu pais!!!

Sem palavras.
Quando uma fotografia vale mais que mil palavras.



Os 10 films mais catolicos

Las 10 películas más católicas... y las 10 más anticatólicas

O filme que nao podes deixar de ver>
Los lectores del periódico estadounidense National Catholic Register han elaborado su ranking con películas de todos los tiempos: en las últimas décadas escasean las buenas películas y abundan las anticatólicas.

Una propuesta para la familia: reunir a la familia bien aprovisionados de palomitas y disfrutar con las 10 películas más católicas de todos los tiempos. ¡O reunir a los amigos para criticar las más anticatólicas!

El National Catholic Register ofreció a sus lectores una lista de 100 películas “nominadas”. Los lectores votaron y el resultado publicado en agosto (obviamente sigue el gusto y los conocimientos del espectador norteamericano) fue el siguiente:

Las 10 películas “más católicas”


La Pasión de Cristo, de Mel Gibson (2004)
Logró muchos más votos que las tres siguientes votadas.



Sonrisas y lágrimas (1965)

También conocida como La Novicia Rebelde, es el clásico sobre la familia Von Trapp y la creativa monja e institutriz Fraulein María frente al auge del poder nazi (basado en una historia real).


Un Hombre para la Eternidad (A Man for All Seasons, 1966)

Un clásico incombustible e imprescindible: la historia de santo Tomás Moro, negándose a aceptar el matrimonio fraudulento de Enrique VIII por fidelidad a la Iglesia y a su conciencia.


La Canción de Bernardette (The Song of Bernardette, 1943)

La película clásica, en blanco y negro, de Bernadette y las apariciones de Lourdes.



Qué Bello es Vivir (It’s a Wonderful Life, 1946)

Clásico navideño que apuesta por la vida, la familia y la esperanza y sigue emocionando pese a los años transcurridos, con un magnífico trabajo de James Stewart.


Los Diez Mandamientos (1956)
La colosal producción bíblica de Cecil B De Mille, con Charlton Heston.


Escarlata y Negro (The Scarlet and the Black, 1983)

La historia real del obispo Hugh O'Flaherty que desafió a los oficiales nazis en Roma para salvar vidas de judíos en la Segunda Guerra Mundial.


Jesús de Nazaret (1977)

El octavo puesto es para el clásico pictórico y manierista de Franco Zefirelli


La Lista de Schindler (1993)

Es una película judía, de tema judío y director judío (Steven Spielberg) pero se basa en la historia real de Oskar Schidler, que era católico alemán y salvó a cientos de judíos de los nazis.


Las campanas de Santa María (The Bells of Saint Mary, 1946)Comedia de Bing Crosby e Ingrid Bergman, que se repone poco en España y es menos conocida que otros clásicos de los años cuarenta.


Uma prospectiva diferente.

Estive navegando quando me deparai con um site estupendo. As fotografias feitas sao de qualidade incrivel, as prospectivas tambèm.
A beleza de uma fotografia bem feita.
Esta è bela

fonte: studiomania

Uma anedota que gostei

Num elevador estavam um ANGOLANO, um PORTUGUÊS, uma FREIRA e uma GAROTA .
De repente, faltou energia no prédio e o elevador para, às escuras.
Na escuridão do elevador, escuta-se o som de um beijo seguido de uma chapada.

Depois de alguns segundos, a energia é restabelecida, a luz volta e todos no elevador ficam calados pensando. E foram estes os pensamentos de cada um:

A FREIRA: "Um dos dois deve ter beijado a GAROTA e
ela revidou com uma chapada".

A GAROTA: "Um dos dois deve ter tentado beijar-me,
acabou por beijar a FREIRA e levou uma chapada"

O PORTUGUês: "Esse ANGOLANO bandido beijou a GAROTA
e ela deu-me uma chapada pensando ter sido eu".

ANGOLANO: "Ha,ha,ha...beijei a palma da minha mão
e mandei uma chapada nesse PORTUGUÊS duma figa...".

CHEGADA DOS MEMBROS DO CLUBE(CKUB-K)

Luanda tem registrado, nos últimos tempos, a concentração de representantes do Clube dos Angolanos no exterior (CLUB-K), vindo de suas bases de actuação na diáspora. De Espanha, Chegou a representante Marita Vénus e o seu adjunto Fernando da Cruz. De Itália o embaixador Francisco Pacavira, do Brasil, está a mais de um mês, o responsável da missão, R. D. Santos e o delegado para Informação Esmael Cross. Da comissão permanente, o embaixador Vnenant Nsakala, Secretario para os direitos Humanos e Representante plenipotenciário nos países Nórdicos. Washington faz-se representar por Cláudia Chitas, delegada para Informação. É aguardado este fim-de-semana, o embaixador Mário Joaquim, secretario para Cultura e representante em Portugal.



Fernando Cruz, fez saber que, antes de regressar a Espanha, deverá deslocar-se a africa do sul, por 4 dias, de forma a efectuar algumas estratégias junto a representação na terra de Mandela.



Jaime Joaquim José, secretario para Informação e integrante da representação em Luanda, manteve esta semana alguns acertos de ideias com o embaixador Nsakala, depois de efectuar algumas consultas com Osvaldo dos Santos, assessor jurídico do Clube, também residente em Luanda.



Nsakala em conversa telefónica com um dos membros na diáspora, defendeu a necessidade de o Clube reencontrar em Luanda de modo a se criar uma plataforma, de concentrações de ideias, durante a estadia dos seus representantes na capital do país.



Felizardo foi o Esmael cross, que em saudação a sua chegada, moradores do bairro popular onde vive, homenagearam lhe com um almoço no dia 30 de Julho.





Contactos: Vivaldo Casimiro "Miro"-091307666,092613013
Secretario para informação, Jaime Jose-091437951
Embaixador Nsakala-091402006
Cláudia chitas-092442761
assessor júridico-Osvaldo Santos-092444329
Bruno almeida-092608586
Mário ingles-02265364

sexta-feira, setembro 03, 2004

Hoje, Deus é a auto imagem.

Navegando no mar da verdade da mentira encontrei algumas dicas que me deixaram con la testa in "...". Va beh aqui vos deixo.



Hoje, Deus é a auto imagem.
Religião, é dieta.
Fé, só na estética.
Ritual é malhação.
Amor é cafona, sinceridade é careta, pudor é ridículo, sentimento é
bobagem.
Gordura é pecado mortal.
Ruga é contravenção.
Roubar pode, envelhecer, não.
Estria é caso de polícia.
Mau caráter bem sucedido é exemplo de sucesso.
A máxima moderna é uma só: pagando bem, que mal tem?
A sociedade consumidora, a que tem dinheiro, a que produz, não pensa
em mais nada além da imagem, imagem, imagem.
Imagem, estética, medidas, beleza. Nada mais importa.
Não importam os sentimentos, não importa a cultura, a sabedoria, o
relacionamento, a amizade, a ajuda, nada mais importa.
Não importa o outro, o quê está em volta, o coletivo.
Jovens não tem mais fé, nem idealismo, nem posição política.
Adultos perdem o senso em busca da juventude fabricada.

Ok, eu também quero me sentir bem, quero caber nas roupas,quero ficar
legal, quero caminhar correr, viver muito, ter uma aparência legal mas...
uma sociedade de adolescentes anoréxicas e bulímicas, de jovens
lipoaspirados, turbinados,aos vinte anos não é natural.

Não é, não pode ser.
Deus permita que ele volte do coma sem seqüelas.
Que as pessoas discutam o assunto.
Que alguém acorde.
Que o mundo mude.
Que eu me acalme.
Que o amor sobreviva.
" Cuide bem do seu amor seja quem for"
Vaidade - Herbert Vianna

Vejamos o que fazer!!!

Yep, tudo cool. Aqui tasss!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postes populares