domingo, janeiro 16, 2005

Kwanza-Norte: Hospital e escola do III niveis no Golungo-Alto estão em obras

Essa è interessante.
Foi preciso o cota sair para que a banda dos meus pais, a terra dos cafes e muitos cotas que deram que falar recebesse um megeiro financiamento...
De qualquer maneira è melhor que nada.
Bem haja os homens que priorisam a educaçao
bem haja os homens que priorisam a saude
bem haja os homens que entendem que o desenvolvimento de uma naçao
passa pel educaçao
pela potenciaçao da cultura...
passa pelo saber.
Que tudo corra na melhor maneira possivel.-



Ndalatando, 16/01 - O hospital e a escola do II e III niveis do município do Golungo-Alto beneficiam presentemente de obras de ampliação, com término previsto para Maio próximo, constatou hoje a Angop naquela vila do Kwanza Norte.

O hospital municipal terá, no final dos trabalhos, um aumento de 25 camas, sala de raio x, laboratório e farmácia, entre outras novas dependências, de acordo com o projecto de construção da obra a cargo da empresa cubana "Imbondex".

Actualmente o estabelecimento possui uma capacidade instalada de 50 camas, incluindo 25 da maternidade local, inaugurada em Novembro último e que ainda continua inoperante.

O administrador do município, António Rodrigues Neto, informou a Angop que a falta apetrechos necessários para o efeito impedem a entrada em funções da unidade.

Enquanto isso, a escola do II e do III níveis denominada Patrice Lumumba ganhará, com a ampliação, mais seis novas salas de aulas e compartimentos administrativos.

O director provincial da educação, Venancia Manuel da Silva, garantiu poderem as salas em construção absorver 210 alunos, ainda no ano lectivo 2005.

A estrutura original possui apenas quatro salas de aulas, o que dificultava o acesso ao ensino de mais alunos, afirmou o director.

As construções enquadram-se no programa governamental de melhoramento e aumento da oferta de bens e de serviços básicos as populações. Os custos das obras nao foram revelados.

O município do Golungo Alto, com uma população de 28 mil e 647 habitantes, possui 45 escolas do I nível e uma do II e III níveis.

fonte: angop



1 comentário:

joaobcjunior disse...

Caro Sr., é apenas uma curiosidade linguística: o que significa o vocábulo "megeiro" na frase "Foi preciso o cota sair para que a banda dos meus pais, a terra dos cafes e muitos cotas que deram que falar recebesse um megeiro financiamento"?
Estudo significações e nunca encontrei uma para essa.
Obrigado por sua atenção.
João Batista de Castro Júnior
Vitória da Conquista, Bahia, Brasil

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postes populares