quarta-feira, setembro 08, 2004

Criar

Agostinho Neto
--------------------------------------------------------------------------------

Agostinho Neto. Primeiro presidente de Angola

Criar criar
criar no espírito criar no músculo criar no nervo
criar no homem criar na massa
criar
criar com os olhos secos

Criar criar
sobre a profanação da floresta
sobre a floresta impúdica do chicote
criar sobre o perfume dos troncos serrados
criar
criar com os olhos secos

Criar criar
gargalhadas sobre o escárneo da palmatória
coragem nas pontas das botas do roceiro
força no esfrangalhado das portas violentadas
firmeza no vermelho sangue da insegurança
criar
criar com os olhos secos

Criar criar
estrelas sobre o camartelo guerreiro
paz sobre o choro das crianças
paz sobre o suor sobre a lágrima do contrato
paz sobre o ódio
criar
criar paz com os olhos secos

Criar criar
criar liberdade nas estradas escravas
algemas de amor nos caminhos paganizados do amor
sons festivos sobre o balanceio dos corpos em forcas simuladas

criar
criar amor com os olhos secos.




Conflito de terras opõe duas tribos rivais no sul do país


Um violento conflito pela posse de terras está a ser travado na região sul de Angola entre duas tribos rivais, tendo os confrontos, originados pelo roubo de gado, provocado um número ainda não determinado de vítimas.

O conflito, que está a ser travado na região dos Gambos, na província da Huíla, opõe a tribo dos mukuahona, originária daquela região, à tribo dos mukubal, da vizinha província do Namibe.

O problema surgiu na sequência de sucessivos roubos de gado, culminando com troca de tiros e agressões com armas brancas entre elementos das duas tribos rivais.

No total, terão sido roubadas nas últimas semanas mais de 1.000 cabeças de gado entre as duas tribos, numa região fronteiriça entre as províncias da Huíla e do Namibe.

Segundo o governador provincial do Namibe, Boavida Neto(na foto), este é um problema que "vai agravar-se à medida que aumentar a escassez de água e as zonas de pasto para o gado".

"O movimento das populações e do gado para as zonas onde há pasto e água continua a ser muito forte e, naturalmente, isso gera problemas entre as populações", afirmou o governador em declarações à Rádio Ecclesia, emissora católica angolana.

A região fronteiriça entre as províncias do Namibe e da Huíla tem sido fortemente afectada pela seca nos últimos meses.

Boavida Neto admitiu que os confrontos ocorridos na zona dos Gambos provocaram a morte de algumas pessoas e ferimentos em outras, mas não especificou o número de vítimas resultantes do conflito.

"Neste momento, trata-se de um caso de polícia. As forças policiais que estão no terreno conseguiram recuperar o gado roubado e detiveram alguns indivíduos, suspeitos de serem os culpados por esta situação", afirmou o governador provincial do Namibe.

Boavida Neto admitiu, no entanto, que a resolução deste tipo de problemas implica a realização de "um trabalho profundo com as autoridades tradicionais", no sentido de "fazer compreender que é preciso repartir e gerir os pastos e a água até que volte a chover".

"A solução para o problema está nas chuvas, tem que chover para que seja possível sairmos desta situação", acrescentou.

Sep 07, 18:02
Fonte:Lusa

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postes populares